Como você está usando o GPS da sua vida?

Indo Além…

Como você está usando o GPS da sua vida?

Ana Carolina Ferreira

Partilha Treinamento e Desenvolvimento

Se você não sabe para aonde quer ir, qualquer caminho serve.

Lewis Carroll

Em um dos trabalhos que realizo de treinamento e desenvolvimento de grupos, estávamos conversando sobre a relevância do autoconhecimento e um dos participantes disse uma frase muito impactante para mim sobre a relação entre o presente e o futuro. Segundo ele, saber quem somos e onde estamos é fundamental para pensar no nosso futuro, “porque até GPS tem que saber o local de partida para calcular o caminho até o destino”. Quando ele disse isso, todo mundo riu imediatamente, não porque fosse engraçado, mas foi uma metáfora tão simples e precisa que fez cair várias fichas para todos nós. E o seu GPS, tá funcionando bem?

Sobre as decisões, os caminhos e os percalços

Confesso que fiquei um pouco relutante em colocar a famosa citação da obra “Alice no país das Maravilhas” para começar esse texto, justamente porque ela é famosa. Vivemos um momento em que as “frases de efeito” são muito propagadas, estão nos nossos status, stories e perfis, mas fico refletindo se elas de fato estão sendo vividas em nosso dia a dia. Essa conclusão do gato faz saltar aos meus olhos dois pontos fundamentais para a discussão que quero trazer para esse artigo: ir e caminho.

Aproveitando a metáfora do GPS quero trazer uma provação sobre o porquê nós o utilizamos. Se já sabemos onde estamos e para aonde vamos, para que usamos esse recurso? Isso mesmo… porque não sabemos o caminho! É para nos orientar sobre o trajeto que o GPS serve. Ele não decide em que lugar chegaremos, mas no mostra o caminho.

Sendo assim, entendo que é extremamente necessário decidir a direção de nossas vidas, tanto em âmbito profissional como pessoal. Ter sonhos, objetivos, metas e planos é que vai nos guiando para atingir a tão desejada satisfação. Porém, não temos controle do caminho e, podemos, inclusive fazer alterações na rota, que podem, ou não, nos levar para o destino que estávamos pretendendo. Complexo isso, não?!

Portanto, é preciso ter consciência das decisões que tomamos, mas também, como fica muito forte no filme “Poder Além da Vida”, aprender a aproveitar o caminho. Quem nos tornamos ao final da caminhada depende muito mais do trajeto do que da chegada!

Confirme seu local de partida”

Voltando à história do GPS, eu comentei sobre o caminho e o ponto de chegada. Porém, quero destacar aqui a importância do local de partida. Qual é a utilidade de ter um mapa se eu não sei onde estou? Parece “chover no molhado”, mas é impossível traçar qualquer rota sem conhecer-se.

Porém, creio eu, nunca nos conhecemos por completo, uma vez que nos fazemos no e ao caminhar. Mas é preciso, pelo menos duas coisas: decidir partir e ter conhecimento do local da partida.

Sim! A vida pode ir mudando e ela muda mesmo. Mas para saber o que quero ser amanhã é muito mais importante saber quem sou hoje. E, por mais que tenhamos mil e uma ferramentas, palestras, workshops, estratégias e métodos para nos conhecer, não há uma receita pronta. Só que de uma coisa eu tenho certeza, é preciso querer abrir essa porta e deliciar-se com “a dor e a delícia de ser o que é”, como já dizia Caetano Veloso.

Bora partir?

Então, é preciso fazer as malas, planejar o roteiro, organizar os recursos e combinar as férias para viajar. Mas, mais que isso, é preciso saber os motivos que me levam a essa viagem, o que quero encontrar por lá e aproveitar – e muito – os caminhos!

Ana Carolina Ferreira é graduada em Letras pela UFU e possui MBA em Gestão de Projetos pela UNOPAR. É Coach e Analista Comportamental formada pelo Instituto Brasileiro de Coaching e graduanda em psicologia pela Faculdade do Trabalho de Uberlândia. Além disso, tem em seu histórico diversas capacitações na área de liderança e terceiro setor. Atualmente atua como coach, consultora em desenvolvimento humano e organizacional e treinadora em programas de capacitação e desenvolvimento de habilidades comportamentais. A Partilha oferece diversas soluções para trabalhar tópicos como esse tratado neste artigo, individual, coletiva e corporativamente.

Contato:

contato@partilhaconsultoria.com

www.partilhaconsultoria.com

34 999135161

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *