Teatro No Mi

Senhoras e Senhores o Guia Livre Ser tem o prazer de apresentar:

Teatro No Mi

Uma companhia de Teatro que tem feito ações inovadoras na cidade de Uberlândia e região.
Através de um pensamento contemporâneo, a Companhia produz trabalhos e projetos artísticos em escolas, teatros, ruas, praças e casas, muitas vezes com apresentações voluntárias, transmitindo bons conteúdos e importantes ensinamentos sociais para as crianças, jovens e adultos de nossa sociedade.

Acompanhe abaixo uma descrição do próprio Teatro No Mi:

“É com entusiasmo que nós do Teatro No Mi comemoramos a parceria com o Guia livre ser!

Somos um grupo de teatro de rua fundado em 2008.

Nosso principal objetivo é fazer com que o teatro faça parte do cotidiano das pessoas, então onde for possível apresentar, e enquanto for possível, estaremos fazendo o que mais amamos.

Acreditamos no teatro como um lugar de experiência intensa, meio sonho, meio ritual, onde o espectador se aproxime de uma visão de autodiscernimento, indo do consciente para o inconsciente, para uma compreensão da natureza das coisas.”

Agora o Guia te mostra quais são os principais projetos do grupo Teatro Nomi:

Teatro Permanente de Rua*:

Trata-se de um projeto onde o Grupo Teatro No Mi de Uberlândia oferece gratuitamente aos sábados aulas de teatro de rua. Não tem quantidade de vagas e nem limite de idade. As aulas acontecem em locais aleatórios sempre das 14h às 17h. Para mais informações a respeito de local e como participar recomendamos que entrem em contato com o grupo.

Teatro No Mi casa:

Pegue o quintal de uma casa qualquer e transforme em um teatro.

O grupo Teatro No Mi apresenta de graça na sua casa. Espetáculos adultos e infantis.

Para participar basta entrar em contato com o grupo e solicitar, não há sorteio. As apresentações serão feitas por ordem inscrição e disponibilidade de datas. Sendo uma por mês.

Não importa se a casa é pequena ou grande, simples ou luxuosa, basta ter público.

Temos 02 condições simples para viabilizar a apresentação:

1- O motivo de reunir as pessoas tem que ser nossa apresentação, então não apresentaremos em festas.

2- O anfitrião pode convidar quem desejar para assistir de graça

Canal Teatro Pirata:

Um canal para divulgar, e falar tudo a respeito de peças teatrais que vem ser apresentadas ou sendo produzidas na cidade de Uberlândia.

Também fazemos apresentações teatrais em locais públicos.

E a forma que o grupo encontrou de conseguir verba, sem depender do governo é fazer animações de festas, teatro empresarial e eventos. Acreditamos que é possível proporcionar conhecimento de maneira descontraída e criativa, utilizando a arte como instrumento de sensibilização.

Por isso também o Grupo oferece aulas semanais de teatro:

Fazer teatro vai mudar sua forma de pensar e compreender melhor até mesmo seus sentimentos. Mas não ache que só ir às aulas basta. Assista sempre que tiver oportunidade peças de teatro, as boas e as ruins. Observar é uma das características fundamentais de um bom ator.  Outra palavra que faz grandes atores é: Generosidade. Tenha em mente que você não é ninguém sozinho. Se não houver o outro, não há teatro.

E precisamos ressaltar que: O aprendizado pressupõe de dedicação. Se você não está disposto a se dedicar, não vai aprender.

*Módulos e objetivos das aulas:

  • Contribuir ao desenvolvimento e formação do caráter;

  • Melhorar e favorecer à dicção;

  • Estimular a memória, a atenção e a concentração;

  • Fazer crescer a sua auto-estima;

  • Combater a timidez;

  • Ensinar a relacionar-se com outras pessoas e a trabalhar em grupo;

  • Favorecer ao autoconhecimento;

  • Despertar a consciência corporal e espacial, bem como a coordenação motora;

  • Aproximar as pessoas da arte e reforçar o interesse pelo teatro;

  • Ensinar a controlar suas emoções;

  • Motivar o exercício do pensamento.

Módulo I – Jogos teatrais – Desenvolverá o ímpeto, atenção, concentração, ritmo, consciência espacial e de grupo.

Módulo II – Desenvolvimento cênico – Expressão corporal, criatividade, comunicação, consciência corporal, criação e desenvolvimento coletivo.

Módulo III – Criação –  Ensaios, improvisações, estudo de marcas, textos e personagens.

Módulo IV – Atuação – Participar de alguma peça teatral desenvolvida durante a Oficina.

Módulo V – Produção e outros aspectos – Produção de espetáculos e criação/elaboração de tudo que for necessário ao fazer teatral.

Lembrando que apesar de trabalhar em grupo, a análise é individual e o desenvolvimento (módulos*) pode ser diferente entre os alunos.

*Não separamos por módulos, avaliamos o desenvolvimento por módulos.

Por que a arte?

Ser artista é uma possibilidade que todo ser humano tem, independente de ofício, carreira ou arte. É uma possibilidade de desenvolvimento pleno, de plena expressão, de direito à felicidade.
A possibilidade de ir ao encontro de si mesmo, de sua expressão, de sua felicidade, plenitude, liberdade, fertilidade é de todo e qualquer ser humano. Isso não é um privilégio do artista, é um direito do ser humano — de se livrar de seus papéis, de exercer suas potencialidades e de se sentir vivo.
Todo mundo pode viver sua expressão sem estar preso a um papel. Não se trata de ser artista ou não, mas de uma perspectiva do ser humano e do mundo. Não se trata só de todos os artistas serem operários, mas também de todos os operários serem artistas. Das pessoas terem relações criativas, férteis e de transformação com o mundo, a realidade, a natureza, a sociedade.
O homem não está condenado a ser só destruidor, consumista, egoísta como a sociedade nos leva a crer.

Por que teatro de rua?

Todos nós (artistas) quando saímos para os espaços abertos pensamos em oferecer o melhor de nós mesmos para a população, sem distinção de classe. A gente não separa o público que vem ver a gente na rua. Quem chegar para ver, vai ver e ser visto. Uma proposta centrada no contato direto entre atores e espectadores, transcendendo a clássica divisão palco/platéia.

Por que permanente?

Para que a rua seja palco de um teatro que se assuma como um constante repensar da sociedade, motivando uma releitura da vida cotidiana, para seduzir esse público anônimo e passageiro, o Teatro de Rua requer uma pesquisa. Pesquisa esta que faz uso de uma continuidade ilimitada, passando por inúmeros jogos, rituais/ exercícios cênicos para com um teatro de rua, teatro de vivência, desenvolver um trabalho contínuo de pesquisa em relação à linguagem cênica e ao processo criativo de ator( e do não ator).

Motivação?

Além de proporcionar para as pessoas em geral o contato com o fazer teatral. A ocupação do espaço publico é uma peça fundamental para o desenvolvimento do teatro. E o teatro é um lugar de invenção e experimentação, um meio de transformação, de mudança de mentalidades, em nível social e também individual. Seu trabalho de investigação sobre a linguagem procura uma lógica diversa da cultura dominante, que provoque um estranhamento em relação à percepção usual de mundo e que seja expressão das contradições da sociedade na qual está inserido.

Formação:

Interpretação; improvisação; expressão corporal; expressão vocal; teoria e história do teatro ocidental; história do teatro brasileiro; e história do pensamento, buscando através da construção do conhecimento favorecer a emergência do artista competente não apenas no desempenho de seu ofício, mas também preocupado no seu desenvolvimento como cidadão.

Conheçam o Blog do Grupo: http://teatronomi.blogspot.com.br/

Contatos:

9 99173923

teatronomi@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *